Estado de Goiás

OCUPAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DO CERRADO  

 

Disciplina: Ocupação e Desenvolvimento do Cerrado

Nível: Mestrado Acadêmico

Obrigatória: Sim

Área(s) de Concentração: Meio Ambiente e Desenvolvimento Regional

Carga horária: 60h              

Crédito: 4                 

Modalidade: Semestral

Professores: Aristeu Geovani de Oliveira e Magda Valéria da Silva

 

EMENTA: Os processos de ocupação antrópica e produção na área do Cerrado. Da mineração à expansão da pecuária tradicional e produção agrícola de subsistência. Urbanização e transformações socioespaciais e culturais. Agronegócio e impactos socioambientais nas áreas de Cerrado. Potencialidades econômicas e sustentabilidade nas áreas de Cerrado. Desenvolvimento regional. Estudos de caso. Trabalho de campo.

 

Referências:

ALMEIDA, M. G. (Org). Tantos cerrados: múltiplas abordagens sobre a biogeodiversidade e singularidade cultural. Goiânia: Ed. Vieira, 2005.

ARRAIS, T. P. A. Geografia Contemporânea de Goiás. Goiânia: Editora Vieira, 2004.

BORGES, B. G. O Despertar dos Dormentes. Goiânia: CEGRAF/UFG, 1990.

CHAVEIRO, E. F. Goiânia, uma metrópole em travessia. 2001. Tese (Doutorado em Geografia Humana) – Departamento de Geografia, USP, São Paulo, 2001.

DELGADO, G. C. (Org.). Agricultura e políticas públicas. Brasília: IPEA, 1990. v. 1.

CHAUL, N. N. F. Caminhos de Goiás: da construção da decadência aos limites da modernidade. 2 ed. Goiânia: UFG, 2001.

ESTEVAN, L. O tempo da transformação: estrutura e dinâmica da formação econômica de Goiás. 2 ed. Goiânia: UCG, 2004.

NETO, A. M.; GOMES, G. M. Quatro décadas de crescimento econômico no Centro-oeste Brasileiro: Recursos públicos em ação. IPEA. Brasília: março/2000, p. 5-27. (Texto para Discussão). Disponível em: http://www.ipea.gov.br/pub/td/td_2000/td_712.pdf. Acesso em: 30 maio 2012.

GRAZIANO DA SILVA, J. A modernização dolorosa: estruturação agrária, fronteira agrícola e trabalhadores rurais no Brasil. Rio de Janeiro: Zahar Edições, 1982.

MARTINS, J. S. A fronteira: a degradação do outro nos confins do humano. São Paulo: Hucitec, 1999.

MENDONÇA, M. R. As transformações do Cerrado Goiano. In: MENDONÇA, M. R. A Urdidura do Capital e do Trabalho no Cerrado do Sudeste Goiano. 2004. 458 f. Tese (Doutorado em Geografia) - Faculdade de Ciências e Tecnologia, Universidade Estadual Paulista, 2004.

NETO, M. C. N. F. A Comissão exploradora do Planalto Central do Brasil: a civilização a caminho do sertão. Revista Estudos Humanidades. Goiânia: UCG, v. 29, p. 239-261, 2002.

PELÁ, M.; CASTILHO, D. Cerrados: perspectivas e olhares. Goiânia: Vieira, 2010.

OLIVEIRA, I. J. A agropecuária modernizada e sua sustentabilidade no Cerrado: o caso do município de Jataí (GO). Boletim Goiano de Geografia, v. 21, n. 2, p. 47-60, 2001. Disponível em: < http://www.revistas.ufg.br/index.php/bgg/issue/view/474/ showToc>. Acesso em: 16 jul. 2012.

SANTOS, M. Por uma outra globalização: do pensamento único à consciência universal. Rio de Janeiro: Record, 2001.

SILVA, L. S. D. A construção de Brasília: modernidade e periferia. Goiânia: UFG, 1997.

SOUZA, L. H. F. A transformação técnico-científica no meio rural brasileiro pós 1990: uma reflexão sobre os impactos herdados do processo de modernização agrícola. Sociedade & Natureza. Uberlândia, v. 17, n. 32, p. 47-60, 2005.