Estado de Goiás

CONSERVAÇÃO DOS RECURSOS NATURAIS  

 

Disciplina: Conservação dos Recursos Naturais

Nível: Mestrado Acadêmico

Obrigatória: Não

Área(s) de Concentração: Meio Ambiente e Desenvolvimento Regional

Carga Horária: 60 horas                 

Créditos: 04        

Modalidade: Semestral

Professores: Idelvone Mendes Ferreira, Débora de Jesus Pires

 

Ementa: Recursos naturais e conservação da biodiversidade. Caracterização da biodiversidade brasileira. Erosão do solo e conservação. Exploração dos recursos naturais. Espécies invasoras. Biogeografia das espécies. Influência dos fatores ambientais na expressão gênica. Processos evolutivos e variabilidade biogeográfica. Efeito da fragmentação populacional. Unidades de conservação e manejo ambiental.

Estudos de caso - Fitofisionomias do Cerrado. Trabalho de campo.

 

Referências:

 

BROUN, J. H.; LOMOLINO, M. V. Biogeografia. Tradução de Lulo Feliciano Afonso. 2 ed. Ribeirão Preto: FUNPEC Editora, 2006.

CARVALHO, I. S. (ed.). Paleontologia. 2 ed. Rio de Janeiro: Interciência. 2004. 2 v.

COX, C. B.; MOORE, P. D. Biogeografia: uma abordagem ecológica e evolucionária. 7 ed.  Tradução de Luiz Felipe C. F. da Silva. Rio de Janeiro: LCT, 2009.

DAJOZ, R. Ecologia geral. Tradução de Francisco M. Guimarães. 4 ed. Petrópolis: Vozes, 1983.

FALEIRO, F. G. Marcadores genético-moleculares aplicados a programas de conservação e uso dos recursos genéticos. Brasil: Embrapa, vol. 1, 2007.

FERNANDES, A. G.; BEZERRA, P. Estudos fitogeográficos do Brasil. Fortaleza: Stylus Publicações, 1990.

FERREIRA, I. M. O Afogar das veredas: uma análise comparativa espacial e temporal das veredas d chapadão de Catalão/GO. 2003. Tese (Doutorado em Geociências)-Instituto de Geociências e Ciências Exatas de Rio Claro, Universidade Estadual Paulista, Rio Claro, 2003.

FRANKHAM, R.; BALLOU, J. D.; BRISCOE, D. A. Fundamentos da Genética da Conservação. Ribeirão Preto: SBG, 2008.

FRANKLIN, J. Mapping species distributions: spatial inference and prediction. New York: Cambridge University, 2009.

GOMES, H. (Org.). Universo do Cerrado. Goiânia: UCG, 2008.

LEPESCH, I. F. 19 lições de Pedologia. São Paulo: Oficina de Textos, 2011.

Mack, R. N. et al. Biotic invasions: causes, epidemiology, global consequences, and control. Ecological Applications. n.10, p. 689-710, 2000.

Myers, N. R. A. et al. Biodiversity hotspots for conservation priorities. Nature. n 403, p. 853-858, 2000.

OLIVEIRA, P. S.; Marquis, R. J. The Cerrados of Brazil: Ecology and natural history of a neotropical savanna. New York: Columbia University Press, 2002.

PRADO, H. Solos do Brasil: gênese, morfologia, classificação e levantamento. Piracicaba: H. do Prado, 2000.

PRIMAVESI, A. Manejo ecológico do solo: a agricultura em regiões tropicais. São Paulo: Nobel, 1980.

RIBEIRO, J. F.; ALMEIDA, S. P.; SANO, S. M. Cerrado: Ecologia e Flora. Brasil: Embrapa, v.1 e 2, 2008.

TROPPMAIR, H. Biogeografia e meio ambiente. 8 ed. Rio Claro: Divisa, 2008.

VENTURI, L. A. B. (Org.). Geografia: práticas de campo, laboratório e sala de aula. São Paulo: Ed. Sarandi, 2011.